quinta-feira, janeiro 17, 2008

Os Vizinhos é quem Pagam o Pato


São tantos os relatos de agressões de cães Pit Bull que sinceramente, não consigo acreditar que as pessoas se sintam seguras diante de tamanha ameaça que um pit bull oferece. Não é novidade.. basta ouvir os noticiários da TV ou de rádios. Pessoas mutiladas, mortas, em virtude destes ataques.
O que mais me choca são os proprietários que andam tranqüilamente com seus animais pelas ruas, sem oferecer proteção (ou segurança) para os indivíduos. Consideram-no dóceis como uma "pomba". Por favor, prestem bastante atenção: Não quero aqui, tocar no fato de que, outras raças, ditas dóceis também podem atacar humanos (como poodles, cockers, pinsher etc) - esta é outra questão
Tenho, em frente à minha casa, uma cadela da raça pit bull.Que os moradores deixam solta e é um inferno o barulho fica o dia todo latindo e os donos não fazem pois ficam o dia todo fora os vizinhos que e lixão .
E o que é engraçado em toda esta história (que não deveria ter nada de engraçado) é que os "playboys" adoram exibir seus Pit bulls. Estufam o peito e andam livremente com estas feras... eles juram que se acontecer algo, irão conseguir "domar" a fera! Enquanto isto, vidas estão em risco. Uma maravilha o decreto ter sido criado. Uma proteção a mais para nós.. só falta um detalhe: fazer cumprir a lei, ter fiscalização!!!! E infelizmente, temos que dizer, isto aqui é Brasil!!!!!!
Eu amo cães.. sem excessão.. mas sinceramente, o Pit bull é um dos poucos cães que não ouso colocar minhas mãos.. que não tenho vontade de tocar! Desculpem-me os proprietários de Pit bulls.. mas esta é a imagem que vocês nos passam de seus cães. Isto pode ser em virtude de uma minoria (talvez) que usam seus cães para brigas.. mas é o que fica!!! E o resultado está nas reportagens.. nos noticiários.
Mas esta é apenas minha opinião..você pode deixar a sua nos comentários..

7 comentários:

ninha disse...

Boa tarde meu nome é Mariana Germano de Souza moro na travessa muritiapina nº 94/201 e o meu namorado Rafael Holanda Thiago mora na Rua urucará nº fundo ambos mora em Irajá-RJ(proximo ao atletico)nos estamos com um problema com os vizinhp dela que não quer o nosso cachorro que fica na residencia dele pq é pit bull, mas ele e manso e infelizmente ele não pode alugar uma casa para viver com o cachorro o nome dele é tayson ele é lindo. Nos trabalhamos mas a nossa renda não da para alugar pq eu faço faculdade e ele ficou desempregado com a economia dele ele comprou uma kombi para fazer fret e agregar em uma empresa. por isso que eu estou aqui para pedir ajuda a vcs pq o tayson esta na casa de um colega e ele esta reclamando, se não resolver infelizmente nos vamos ter que dar ele. espero uma resposta com uma certa urgencia.obrigada tel:(21)8277-2426/(21)9286-3965/(21) 3301-2692/ (21)3013-9986

Sandra disse...

Olha, seus vizinhos estão muito errados, mesmo que fosse outra raça, eles têm q ter responsabilidade e o cão é problema dos donos, de mais ninguém. Por isso esse cão deveria ficar dentro da propriedade. Ao fato dele latir demais é estranho, pois pits só latem em última necessidade. É óbvio q há problemas aí, o cão deve se sentir só, pois fica largado pela rua durante o dia todo!!! Concordo c/ vc a respeito de muitos "donos" q usam os pobres como armas...mas é preciso não generalizar. Tenho 3 em casa, extremamente carinhosas e companheiras, porém, tomo todas as providências de uma proprietária prudente e responsável. Não esqueça: existem pessoas e... pessoas! Se vc não se sente a vontade p/ tocar um cão cujo o dono está junto e lhe assegura q vc pode fazê-lo, a culpa é sua, não do pit...concorda? É vc q tem um mal exemplo c/ seu vizinho, tbm não me sentiria à vontade p/ tocar esse animal. Já fui mordida 2 vezes por poodles e uma vez por um cocker, de modo q o q conta realmente é a maneira q o animal é criado e qual a sua índole. Por isso colega, lembre-se q o errado é o dono, jamais o animal, pois este é irracional, covarde e fraco seria depositar toda a culpa no animal.

Fabiana disse...

O ÚNICO ANIMAL
QUE MATA POR PRAZER,
ATACA SEM MOTIVO
E TEM CONSCIÊNCIA DISTO,
O HOMEM.

Tenho 4 cães pitbull em casa e são como filhos pra mim...
Acho que vc esta generalizando

Anônimo disse...

Eu acho que só seremos seres humanos de verdade no dia em que respeitarmos a vida, sem discriminação, pois até uma formiguinha das mais pequeninas tem vida. Sou proprietário de um cão pit bull, uma criança dócil e que gosta de gente. É lindo e por isso já foi roubado 3 vezes, mas em todas elas Deus me fez recuperá-lo. Fico chateado quando vejo pré-conceitos de pessoas como esta que escreveu este texto, julgam sem saber, sem investigar, sem conhecer o que está falando, sem saber do verdadeiro amor que esses bichinhos tem por nós humanos. São essas pessoas intolerantes que deixam o nosso mundo mais cruel e só buscam o seu próprio bem e da sua família, não acham espaço para amar os animais, infelizmente!

Anônimo disse...

O pit bull como qualquer outro cachorro é igual uma criança, ele expressa, ele age, da forma que ele aprendeu, se ensinarmo ele a ser manso, dócil e carinhoso assim ele será. E este maldito preconceito é ridiculo. Eu tenho um pit bull, ele é uma criança, ele dorme na minha cama com a cabeça no meu colo, ele é tão manso que já foi até roubado. As vezes fico indignada que alguem possa ter medo dele.

Livrealada disse...

Oi, bom dia !
Gostaria de postar meu comentário, já que temos um espaço democrático.
A questão relacionada aos pitbulls é algo extremamente delicado. São animais como qualquer outro.Dependem de seus donos para tudo: segurança, alimentação, saúde e, principalmente:amor e respeito.
Fui portadora de uma linda pitbull,na verdade, uma "mãe postiça".Um amigo pediu-me para ficar com a Vick (linda! branca e uma mancha amarela no olho direito) até aos 6 meses para poder levá-la a sua chácara onde iria morar.Foi paixão à primeira vista. O pitbull mesmo filhote é forte, musculoso, um cão admirável e muito inteligente.Foi tudo muito bem, a Vick crescendo, mas o preconceito em relação a este animal é muito grande. Muitas vezes ela estava deitada na frente de casa(na garagem) e meninos passavam pela rua e ao ver que era uma pitbull, imediatamente começavam a insultá-la e hostilizá-la.Agora, é culpa do animal se elaguém o irrita? É como nós, alguém nos provoca até o dia em que temos a oportunidade de nos defender. O pitbull se defende como pode. Digamos que tem o pavio "curto" e não mede a sua força. ESta é a diferença.Outro porém: quando o "pai" da Vick vinha para passear com ela ( ele é como posso dizer, um "pitboy" )eu percebia que na volta dos passeios, ela estava irritada e nervosa.Fiquei sabendo que ele a instigava a ser feroz e a atacar nesses passeios...Conclusão: não é culpa da raça pitbull os ataques que são relatados na imprensa, mas sim, de proprietários irresponsáveis que não querem um animal como amigo, mas como arma e instrumento de vaidades,poder e tamanho.Froyd deve explicar bem isso.
Naquilo que vemos pela TV "os ataques" ,alguém foi ver como esses cães viviam?Como seus proprietários os tratavam?Essa"vítima" do ataque nunca provocou o animal?Eu,como defensora e apaixonada pelos pitbulls, defendo-os.Ah! Só para lembrar: na época, a Vick convivia com mais 5 gatos meus ( lindos, castrados,vacinados e muito ,muito amados).Cada história tem sempre mais de uma versão. Não julgue antes de conhecer.
Um abraço a todos.

Lari disse...

Os pits são como qualquer outra raça de cães,mansos,dóceis e carinhosos.Eu respeito a sua opinião,mas,acho q vc está irritada porque a cachorra da raça pit bull da sua vizinha late demais,e vc quer descontar sua raiva nos cães,sinceramente a sua reportagem é de completa ignorancia,os cães não aprendem a fazer nada sozinhos,e não se deve acreditar em tudo o que se ve na televisão...Vc certamente não tem opinião e acredita em tudo o que se fala na Tv,Vc nunca teve um maravilhoso cão da raça Pit Bull,portanto não os julgue sem ao menos conhece-los,antes de julgar procure ao menos saber os dois lados da história.